faixa de gaza, reviews


a matéria de hoje tem como base meu sonho desta noite… como sabem muitas vezes disse aqui que tenho muitos sonhos, intensos e o melhor é que lembro deles com detalhes no dia seguinte. acho que podia ser diretor de cinema, seriado… rs.

o desta noite foi uma viagem de turismo para a faixa de gaza… não me pergunte o motivo do local escolhido; então ai vai a faixa, tão maltrada pelo mundo, tão judiada pelos judeus (olha o trocadilho) que pelo visto aprenderam direitinho com Hitler como tratar um povo.


A Faixa de Gaza (em árabe: قطاع غزة. transl. Qita’ Ghazzah; em hebraico: רצועת עזה, transl. Retzu’at ‘Azza) é uma faixa costeira de terra situada no Médio Oriente ao longo do Mar Mediterrâneo, que faz fronteira com o Egito no sul e é cercada pelo território de Israel a norte e leste. Tem cerca de 41 quilômetros de comprimento, e sua largura varia entre 6 e 12 km, com uma área total de 360 km² sendo um dos territórios mais densamente povoado do planeta, com 1,4 milhão de habitantes para uma área de 360 km².[1] Possui uma infraestrutura precária, bem como uma situação econômica de penúria.[2] A designação “Faixa de Gaza” deriva do nome da sua principal cidade, Gaza, cuja existência remonta à Antiguidade.

Esta área atualmente não é reconhecida internacionalmente como parte de qualquer país soberano, mas é reivindicada pela Autoridade Nacional Palestina como parte dos territórios palestinos. Desde junho de 2007, após confronto armado com o Fatah, o Hamas assumiu o controle da faixa de Gaza.[3] O espaço aéreo e o acesso marítimo à Faixa de Gaza são atualmente controlados pelo Estado de Israel, que também ocupava militarmente o território entre junho de 1967 e agosto de 2005. O território da Faixa de Gaza é cercado por muralhas, tanto do lado egípcio quanto israelense.

(wikipedia)

Durante centenas de anos, o Império Otomano dominou Gaza, até que o território – junto com o restante da Palestina – passou para o controle dos britânicos, com o final da Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Durante a primeira Guerra árabe-israelense, que conduziu à criação do Estado de Israel, Gaza absorveu um quarto das centenas de milhares dos refugiados palestinos expulsos das áreas que hoje fazem parte de Israel.

Gaza

a capital da faixa tem 410 mil habitantes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s