Obama no Brasil, marcando território


não quis escrever logo de cara porque queria ver no que ia dar a visita de Obama ao Brasil.
a mim me parece que o líder veio mais a passeio do que por qualquer outro motivo…
claro que os americanos nunca dão ponto sem nó (sabiamente), por trás de tudo isso está a vontade de uma nova postura mais próxima ao Brasil e seu novo governo do que a que tínhamos no governo recém terminado.

 

Chegada Romana a Alexandria
Chegada de Navios Romanos a Alexandria

voltando um pouco no tempo, esta visita me lembrou a visita de César (o Júlio César) ao Egito em 47a.c.
naquela época o mandatário supremo do mundo César (hoje Obama) também comandava uma nação que era a maior do mundo sem sombra de dúvida, era a mais potente economicamente, politicamente e não deixava nenhuma dúvida quanto ao seu poderio militar.

César comandava uma Roma que passava por uma das piores crises internas, era um país dividido politicamente (em guerra civil praticamente) e economicamente em crise, cenário atualmente semelhante ao da América pós crise de 2008, e porque não de um certo modo dividido entre o centro Republicano e as costas Democratas.

O Egito era a fonte da riqueza, tinha o trigo que Roma tanto precisava, tinha o ouro e o poder regional (algo como a influência na América Latina e o pré-sal), mas ao contrário do Brasil, já era uma nação totalmente dependente de Roma, inclusive ocupada militarmente.
Hoje vivemos um mundo mais globalizado e cheio de “opções” o que permite ao Brasil não ter exclusividade comercial com nenhuma nação.

Roma desejava ainda manter todo o Mediterrâneo (o mundo ocidental da época) sobre seu poder, semelhanças? a final sabia que tinha uma oposição forte e crescente no Oriente (a Pérsia), hoje a China.

Não é atoa que a China já é o maior parceiro comercial do Brasil, ultrapassando há poucos anos os USA que dominavam este mercado há décadas.
antes de voltar aos dias atuais uma última comparação, ou coincidência, por que não… o Egito também era comandado por uma mulher, raro na época, não menos raro nos governos atuais.

mas voltando, mesmo influenciado pelo aparato de segurança que acompanha a movimentação do líder americano (ahhh vale lembrar que César também caminhava com milhares de militares e navios), nas vésperas de sua visita o Brasil, nós mantivemos  a independência ao se abster na votação do Conselho de Segurança na ONU no caso da Líbia, mantendo assim uma tradição que décadas pelo zelo a paz e pela opção por vias diplomáticas.

posição do governo Dilma inclusive apoiada por membros importantes da oposição como Serra (em seu twitter) e de FHC, que aqui cabe um parênteses – foi muito gentil e elegante (como sempre) em aceitar o convite  do governo brasileiro para se sentar na mesa principal do almoço oferecido ao mandatário norte-americano e não menos gentil foi o gesto da presidenta em convidá-lo, aliás esta se mostra muito mais sensata e capaz que seu antecessor, o vaidoso Lula.

Vale lembrar que a opção por abstenção não quer dizer aceite em defesa do ditador líbio e sim uma ressalva ao uso da força militar e ainda junto ao Brasil votaram Alemanha, Rússia, China e India.

Para terminar este gancho do CS não creio que esta seja a prioridade brasileira atualmente, mas em caso de reforma na ONU vejo sim Brasil, Alemanha, Japão e India como únicos e merecidos a cadeira permanente neste conselho.

 

Obama e Dilma em Brasília
Obama e Dilma em Brasília

ao final das contas Obama veio aqui para que? veio para reaproximar os americanos dos brasileiros, veio buscar apoio, veio lembrar a nós que eles ainda existem, que eles ainda são a grande potência mundial… veio marcar território como fez há pouco tempo na India e estão certos?
sim estão! desde sempre vivemos separados pelas culturas ocidental e oriental.

a visita do líder norte-americano antes da líder brasileira a Washington mostra que o governo americano fez o primeiro gesto, estendeu a mão uma mudança na atitude americana que deve ser levada em consideração.

Outros:
Obama levanta a nossa bola (Brasil 247) http://t.co/q7Vqx5R
Saiba o que traz Obama ao Brasil (Folha de S.Paulo) videocast
Dilma Rousseff convida ex-presidentes para almoço com Obama (GloboNews) http://migre.me/44XKG
Chegada de Julio Cesar a Alexandria (Cleopatra, 1963) http://www.youtube.com/watch?v=pzruB19CFgI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s